Logo Facebook

Fone: (11) 3229-5265

Logo Twitter

Fone/Fax: (11) 3326-2445

Skype: caixadeise  |  MSN: caixadeise@hotmail.com  |  E-mail: contato@caixadepapelaodeise.com.br  |  Atendimento: Seg. a Sex. das 8h às 17h  |  Contato: (11) 3229-5265

3 de fevereiro de 2015

caixas_deise_mudança-com-livros

papelão é um tipo mais grosso e resistente de papel, geralmente utilizado na fabricação de caixas de papelão (embalagens), podendo ser liso ou enrugado. É produzido dos papéis compostos das fibras da celulose, que podem ser virgens ou reciclados.

Por este motivo o papelão e seus produtos são frequentemente alvo de processos de reciclagem, pois o papelão é proveniente de matéria prima 100% reciclável, 100% biodegradável e 100% renovável, gerando toda uma indústria deste processo, desde sua coleta até sua logística e reprocessamento na indústria de produção de papelão.

O tipo mais comum de papelão é o papelão ondulado, composto de três ou mais camadas. Tomando como exemplo uma caixa de papelão, teremos a camada mais externa, que tem função de proteção e revestimento. A camada intermediária, também conhecida como “enchimento” (miolo), é a camada mais volumosa, geralmente composta de um papel grosso disposto de forma ondulada. Finalmente, temos a camada mais interna, com função de revestimento da mesma forma que a primeira camada, cada camada pode ter uma gramatura diferente ou iguais, assim compondo a gramatura total da chapa, material utilizado para fabricação da caixa de papelão propriamente dita.

Papelão ondulado

O papelão ondulado geralmente é composto por elementos;

  1. Capa externa (ascendente)
  2. Miolo (o corrugado) (entrelaçada)
  3. Capa interna (fechadura)

Ou pode ser:

  1. Capa externa (ascendente)
  1. Miolo (o corrugado) (entrelaçada)
  2. Capa interna, (intermediária)
  3. Miolo (o corrugado) (entrelaçada)
  4. Capa Interna (fechadura)

Entre outras composições.

As capas são também chamadas “forros”.

As placas assim formadas são então cortadas e moldadas em uma variedade infinita de formas e tamanhos para transformarem-se em caixas de papelão e componentes internos de caixas de papelão (embalagem).

Podem-se ter cinco ou mais elementos no caso de papelão de parede simples, ou ainda elevar o número destas camadas inclusive para produzir preenchimentos internos de embalagens adequadas a acomodar produtos de formatos irregulares.

Estas três camadas básicas de papel são montadas em uma maneira que dê à estrutura total uma resistência melhor do que aquela de cada camada distinta. Esta construção engenhosa dá forma, fixa as dimensões de uma série dos arcos conectados levando a não só a geometria ter maior resistência a flexão, tendo a rigidez e resistência consideráveis, mas até suporte pesos sobre sua superfície.

Além disso o ar que fica imobilizado nos espaços internos também como um isolante térmico que fornece a proteção excelente às variações de temperatura durante o transporte.

Existem diversos tipos de ondulados, cada um com tamanhos diferentes de miolos e de perfis que oferecem muitas combinações projetadas para conter produtos com as características e os desempenhos diferentes.

As embalagens de papelão ondulado evoluíram no tempo novas tecnologias que assim as caixas podem acomodar melhor os produtos para entrega.

Estas novas tecnologias em embalagens transformam o que seria a embalagem secundária em embalagem de prateleira. Exemplo são as embalagens em papelCoathing que vem tomando lugar de destaque no mercado sul-americano, sendo seu uso muito comum nos países europeus.

Além de versáteis as embalagens de papelão (caixas de papelão) contribuem para minimizar o impacto ambiental pois para se usamos 1 m³ de madeira uma caixa, podemos fazer cinco caixas de papelão com as mesmas características físicas de resistência ao empilhamento. E ainda lembrando produtos 100% recicláveis.

Fonte: Wikipedia

caixadeise

Leia mais artigos de .

Compartilhe com seus Amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>